Cuidados Pós Tatuagem, por Zen!

Piercings - Cuidados Pós Aplicação - Resumido, por Zen!

Apoio: Mr. Rock Store

Apoio: Mr. Rock Store
Mr. Rock Store - Varejo e Atacado. Seu lugar de rock sempre!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Escarificação



Escarificação é uma técnica de modificação do corpo que consiste em produzir cicatrizes no corpo através de instrumentos cortantes. Diversas culturas utilizam está técnica. Na África em algumas culturas as mulheres utilizam a escarificação como forma de beleza.



Histórico

Scarification tem sido utilizado por muitas razões e em muitas culturas diferentes. Seja como um rito de passagem na adolescência, ou para identificar o estado emocional de quem a faz, como momentos de tristeza ou de bem-estar. Isso é comum entre os aborígenes australianos e tribos da Nova Guiné. Scarification é bastante comum na África Ocidental e da Nova Guiné, bem como o Congo e no sul do Sudão.



Escarificação deliberadamente pela queima da pele é chamado branding e historicamente foi muito utilizada para marcar escravos e criminosos, geralmente com marcas visíveis e, muitas vezes, codificadas de modo a refletir o crime. Até a 1870, na Nova Zelândia, as tribos Maori utilizavam um tipo de tinta para produzir com fricção a escarificação facial como tatuagens, conhecidas como "Moko". As Mokos foram usadas para tornar o corpo completo. Quando não as tinha o corpo era considerado como estando nu, sem estas marcas. Moko eram únicas para cada pessoa e serviram como uma espécie de assinatura.

Alguns chefes Māori utilizavam o padrão da sua Moko como suas assinaturas em terra, até em tratados europeus. Eles foram obtidos através de seu pai. Moko no lado esquerdo da face eram os pais, as mães sobre o direito e os suas profissões no meio. Em algumas culturas, a vontade de uma mulher para receber escarificação mostra a sua maturidade e vontade de ter filhos.



Razões

Escarificação geralmente é mais visível na pele mais escura. Endorfinas podem ser liberadas na escarificação, processo que pode induzir um estado eufórico. Existem também razões religiosas e sociais para a escarificação. Segundo algumas crenças tribais na África, produzindo cicatrizes em recém-nascidos ajuda a prevenir doenças relacionadas com visão.



Métodos

Escarificação é uma prática de resultados imprevisíveis. Um método que funciona em uma pessoa pode não funcionar em outra. As cicatrizes tendem a se espalhar a medida que curam, de forma que o resultado é uma concepção simples pois as informações se perdem durante a cicatrização. Tom Skelly conhecido foi o primeiro homem a práticar escarificação nos Estados Unidos.



Perigos

Escarificação produz danos a pele e trauma; assim, ela não é segura. Como o resultado vai depender da cicatrização, ele também é bem imprevisível. Infecção também é uma preocupação. Não só os materiais para induzir as feridas devem ser aprovados pela ANVISA, mas as feridas devem ser mantidas limpas, utilizando soluções anti-bacterianas. Não é incomum, especialmente se a ferida está irritada, uma infecção local se desenvolver em torno da ferida. O profissional que a faz precisa ter conhecimento detalhado da anatomia da pele humana, a fim de evitar ferramentas de cortes muito profundos ou queimar por muito tempo. Escarificação não é tão popular como tatuagem, por isso é mais difícil encontrar trabalhadores com experiência nessa área.

Nenhum comentário :

Textos do Zen!

Textos do Zen!
Confira tudo o que você pode e não pode fazer para obter o melhor resultado na sua tattoo!

Textos do Zen!

Piercing - Cuidados Pós aplicação - Resumo

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Texto do Zen!

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Textos do Zen!

Escala de Dor - Homens

Escala de Dor - Mulheres